A cidade da Lapa filmada em 1936

por Anderson Sossela publicado 28/03/2018 09h19, última modificação 28/03/2018 09h19
A Lapa é uma das cidades mais antigas do Paraná, mantendo o tradicional estilo arquitetônico.

A cidade da Lapa entrou para a história do Brasil pelo cerco que sofreu durante a Revolução Federalista. O movimento começou no Rio Grande do Sul em 1893, terminando em 1895. E também passou pelos estados do Paraná e Santa Catarina, com tropas gaúchas armadas.
O movimento, que inicialmente era regional, acabou se espalhando quando o presidente da época, Floriano Peixoto, resolveu defender o governador gaúcho, Júlio de Castilhos. O governador era atacado pelos Federalistas do seu estado. Para complicar o quadro, opositores do presidente Floriano Peixoto resolveram apoiar as tropas Federalistas, que avançaram até o Paraná, decididas a seguir até o Rio de Janeiro para derrubar Floriano Peixoto.
Os Federalistas chegaram a tomar Curitiba, mas na cidade da Lapa encontraram forte resistência militar, o que levou ao cerco da cidade, com uma longa batalha. Com a chegada de tropas paulistas, os federalistas tiveram que recuar para o Rio Grande do Sul. A rendição foi assinada em 1895, na cidade de Pelotas, após a derrota dos Federalistas.
Além deste fato, a Lapa é uma das cidades mais antigas do Paraná, mantendo o tradicional estilo arquitetônico. E foi parte da antiga rota dos antigos tropeiros, que levavam o gado do Rio Grande do Sul para São Paulo e Minas Gerais. Com isso a Lapa ganhou muita importância histórica e turística.

Filme sobre a Lapa do ano 1936, de João Groff.

Fonte: Portal Memória Paranaense

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.