Lapa, a cidade que mudou a história do Brasil

por Anderson Sossela publicado 12/06/2018 15h12, última modificação 12/06/2018 15h12
Linda e cheia de história, a Lapa comemora seus 249 anos

Estando localizada na região dos Campos Gerais, a aproximadamente 70 km de Curitiba, a Lapa, para quem não conhece, é uma cidade linda e cheia de história. Tem como base de sua economia a atividade agropecuária, no entanto, tem atraído cada vez mais turistas que ficam encantados com suas ruas de pedras, sua gastronomia e seus casarios históricos.
Foi fundada em 1769, e é uma das cidades mais antigas do Paraná. Sua origem deve-se a passagem dos tropeiros que atravessavam a região e faziam da localidade uma de suas paradas. Os tropeiros ficavam cerca de 6 meses na cidade, no período chamado de “invernada do gado”, quando os  animais que eram levados até Sorocaba, descansavam e engordavam.
A localidade foi chamada inicialmente de Freguesia de Santo Antônio da Lapa, e estava sob a jurisdição da então “vila de Curitiba”. Em 1806 foi denominada Vila Nova do Príncipe e em 1872 foi elevada à categoria de cidade, sendo nomeada simplesmente de Lapa.
Naquela época, sua economia era baseada em atividades de apoio aos tropeiros e mais tarde, a região foi uma das mais importantes na emancipação do estado do Paraná, pois era um dos maiores polos de exploração e exportação de erva-mate e madeira.
No início de 1894, a Lapa foi palco do capítulo mais marcante de sua história, quando a pequena cidade resistiu durante 26 dias às tropas federalistas que tentavam chegar a capital da recém-declarada República do Brasil. O famoso combate, chamado Cerco da Lapa, é um dos capítulos mais importantes da história nacional.
E não é exagero esta a afirmação! A Lapa teve papel fundamental na história do Brasil e foi uma das principais responsáveis no fracasso da Revolução Federalista, pois Federalistas, também chamados Maragatos, já tinham tomado várias cidade importantes do Paraná, como Paranaguá, Tijucas do Sul e Curitiba, mas foi na Lapa que enfrentaram a maior e mais heroica resistência. Segundo conta a história, os Maragatos tinham como plano tomar a Lapa em menos de 48 horas, mas foram surpreendidos pelas tropas lapeanas lideradas pelo General Ernesto Gomes Carneiro, um experiente militar veterano da Guerra do Paraguai.
A guarnição militar lapeana, composta por aproximadamente 640 soldados e alguns voluntários, e enfrentou mais de 3000 soldados Maragatos, resistindo heroicamente, sendo derrotados só depois que seu comandante, General Carneiro, morreu devido a ferimentos da batalha. Diz a lenda que suas últimas palavras foram: “Resistência, resistência… Resistamos camaradas, porque nós, soldados, não temos direitos, mas apenas deveres a cumprir, e os deveres de um soldado resumem-se em um único, queimar o último cartucho e depois morrer”. O Cerco da Lapa permitiu que as forças de Floriano Peixoto se reforçassem em Itararé – SP, impedindo que os revoltosos chegassem a capital, o Rio de Janeiro.
No final do ano de 2017 o Presidente Michel Temer sancionou a Lei 13.570/2017 que institui o Dia Nacional do Cerco da Lapa em 09 de fevereiro. Este ano a data foi inserida no calendário nacional.

Lapa, 249 anos de história e desenvolvimento.

Neste dia 13 de junho felicitamos nossa querida cidade que completa seus 249 anos. Desejamos que cada dos nossos munícipes seja um ponto de apoio na construção diária de uma sociedade justa e fraterna, e que com valores sólidos, nos ajudem a preparar as crianças e jovens, no contínuo processo de transformação e desenvolvimento. Que nos ajudem a semear ações e colher conquistas sempre crescentes, demonstrando que somos nós que fazemos o amanhã e nossa perseverança é o caminho rumo a uma cidade mais justa.
Parabéns a todas as pessoas que diariamente cumprem sua missão, contribuindo com o desenvolvimento do município, buscando sempre novos projetos e aceitando o desafio de fazer mais e melhor.
Parabéns Lapa! Receba nossa homenagem.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.