Vereadores Célio Guimarães e Fenelon Moreira são autores de Lei que proibi o comércio dentro das salas de aula

por Anderson — publicado 23/10/2015 14h00, última modificação 23/10/2015 14h26
A ideia surgiu com a finalidade de evitar a distração de alunos durante as aulas, bem como dificultar a ação de comerciantes mal intencionados.

A proibição do comércio de produtos e serviços dentro das salas de aula das escolas municipais agora é regulamentada pela Lei Municipal Nº 3126/2015. A ideia surgiu com a finalidade de evitar a distração de alunos durante as aulas, bem como dificultar a ação de comerciantes mal intencionados (geralmente de outras cidades) que abusam de propagandas enganosas ou ludibriam as crianças para vender a todo custo um objeto ou serviço. Esta Lei foi desenvolvida em parceria pelos vereadores Célio Guimarães e Vereador Fenelon, contando com a colaboração de pais e diretoras de escolas, foi aprovada por unanimidade pelos vereadores e sancionada pela prefeita Leila.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados