Vereador Mário da Farmácia reforça pedido para elevação da 1ª. CIPM para Batalhão da Policia Militar na Lapa

por Anderson — publicado 03/03/2016 14h45, última modificação 04/03/2016 16h28
O batalhão da PM reforçará a segurança pública na região

O presidente da Câmara, vereador Mário da Farmácia, juntamente com o vice-prefeito Ruy Wiedmer, o Comandante da 1ª. CIPM Major Hélio José Hornung e o Presidente da OAB-Lapa Dr. Diego Ribas, estiveram na tarde do dia 02, em reunião com o Govenador Beto Richa, para tratar de segurança pública, na Lapa. A principal solicitação é a elevação da 1ª. CIPM para Batalhão da Policia Militar, medida que trará inúmeros benefícios à região, como por exemplo, reforçará a segurança pública em nossa região e nas áreas atendidas pela Companhia.
“A transformação da atual 1ª. CIPM da cidade da Lapa em Batalhão trará ganhos para toda população local e da região pois a gestão dos recursos, a adequação do efetivo necessário e o atendimento à comunidade serão mais ágeis e refletirão diretamente na segurança da população”, disse o vereador Mário da Farmácia, presidente da Câmara.
A possível mudança vai reforçar o policiamento em todas regiões atendidas pela 1ª. CIPM: Lapa, Contenda, Quitandinha, Campo do Tenente, Rio Negro e Pien. Caso o batalhão venha ser implantando, outras a Companhia passará também atender outras áreas.
Para o Major Hélio José Hornung, Comandante da 1ª. CIPM, “com essa mudança haverá uma intensificação do policiamento e consequentemente uma melhora na prestação do serviço para a comunidade e região”.
O governador Beto Richa afirmou que a Secretaria de Segurança vai estudar possibilidade, por entender que a área atendida pela 1ª. CIPM é bastante extensa e necessita de reforço no policiamento. Caso como este já está sendo implementado em Telêmaco Borba.

 

Mudanças no Judiciário

Na oportunidade, o vereador Mário e o presidente da OAB-Lapa, Dr. Diego Ribas, solicitaram também a requalificação da Comarca da Lapa de entrância intermediária para entrância final. A entrância final é o último passo na carreira do magistrado, com isso ele permanecerá maior tempo na comarca que está lotado.
O Dr. Diego Ribas destacou que com a requalificação, os processos terão mais agilidade com a permanência dos juízes e de promotores e a nomeação de outros titulares para o judiciário.
A reclassificação da comarca depende também de avaliação do impacto financeiro e disponibilidade orçamentária do Tribunal.
Mário ainda ressaltou que a requalificação da Comarca e a elevação da 1ª. CIPM para Batalhão serão passos muito importantes para consolidar o município da Lapa como polo regional. “Com isso estaremos garantindo que os serviços de segurança e da Justiça estejam mais próximos da população”.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.